29 de setembro de 2022

Investindo Cosciente

Dicas, novidas e notícias do mundo do investimento!

Como declarar CRI e CRA no Imposto de Renda 2022

2 min read

Tem papéis de CRI ou CRA na sua carteira de investimentos? Veja como declarar no Imposto de Renda 2022

Os chamados Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e do Agronegócio (CRA) são papeis de renda fixa, que possuem uma característica que chama a atenção de muitos investidores: são isentos de imposto de renda.

Os certificados de recebíveis, geralmente, têm uma remuneração maior do que a dos títulos públicos e são emitidos por empresas privadas – as securitizadoras. São lastreadas em operações de crédito ligadas aos setores imobiliário e do agronegócio.

Apesar de serem isentos de IR, como outros investimentos já abordados, como poupança, LCI e LCA, é necessário informar à Receita Federal os saldos e os rendimentos.

A declaração do Imposto de Renda também serve para identificar como o patrimônio do contribuinte foi constituído e onde os recursos recebidos foram aplicados.

Por isso, os rendimentos isentos também justificam o acréscimo patrimonial dessa pessoa e não informá-los pode levar à malha fina.

Assim, acertar as contas com o Leão é importante para o investidor que tem aplicações em CRI e CRA.

Passo a passo para declarar CRI e CRA

Com a ajuda de Daniel de Paula, consultor tributário do IOB, o InfoMoney explica como declarar cada investimento. 

Veja:

Para declarar o saldo de CRI e CRA:

  • Acesse a ficha “Bens e Direitos” e selecione o código “45 – Aplicação de renda fixa”.
  • Informe os dados sobre o saldo investido em 31/12/2021 e 31/12/2020, além das informações da instituição financeira, como nome e CNPJ.

Já em relação aos rendimentos, faça o seguinte:

  • Na ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”, selecione a opção “12 – Rendimentos de cadernetas de poupança, letras hipotecárias, letras de crédito do agronegócio e imobiliário (LCA e LCI) e certificados de recebíveis do agronegócio e imobiliários (CRA e CRI)” e informe os valores recebidos durante o ano.
  • Indique o nome e do CNPJ da fonte pagadora, com base no nas informações constantes do comprovante dos rendimentos por ela fornecido.

Vale lembrar que para cada tipo de investimento é necessária uma declaração, então é preciso repetir o procedimento para cada título de CRI e CRA que possuir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.