4 de outubro de 2022

Investindo Cosciente

Dicas, novidas e notícias do mundo do investimento!

Elon Musk desiste de participar do conselho de administração do Twitter; ações da empresa recuam

2 min read

Desde a semana passada, Musk passou a ser o acionista com maior participação na empresa

O bilionário Elon Musk não vai mais fazer parte do conselho de administração do Twitter, informou o CEO da empresa, Parag Agrawal. O executivo informou sobre a desistência de Musk em uma postagem na rede social. No texto, Agrawal explica que, como membro do conselho, o bilionário poderia atuar em favor dos interesses da companhia e dos acionistas e que, por esse motivo, a posição lhe foi oferecido um assento. Musk assumiria a função, oficialmente, no último sábado (9), porém, naquele mesmo dia, avisou que não faria mais parte do conselho.

“Acredito que foi para o melhor. Nossos acionistas somam e sempre vão somar valor, estando ou não no conselho de administração. Elon é o nosso maior acionista e seguirá aberto a somar valor”, escreveu Agrawal. “Teremos distrações pela frente, mas nossas metas e prioridades não mudaram. As decisões que tomamos e como as executamos estão em nossas mãos e na de mais ninguém. Vamos acabar com o barulho e permanecer focados no trabalho que estamos construindo”, continuou.

Caso assumisse o assento no board, Musk não poderia se tornar proprietário de mais de 14,9% das ações ordinárias do Twitter, seja como acionista individual ou como membro de um grupo, enquanto estivesse no conselho. “Ele é um apaixonado e um crítico intenso do serviço, que é exatamente o que precisamos no Twitter e na sala de reuniões para nos tornar mais fortes a longo prazo”, escreveu Parag na última terça-feira (5), quando a indicação de Musk foi anunciada.

O CEO da Tesla é usuário assíduo da rede social e tem mais de 80 milhões de seguidores na plataforma. No início da semana passada, Musk adquiriu mais 9% do capital do Twitter e as ações da empresa fecham em disparada de 27% na Nasdaq naquele dia.

Desde que se tornou o sócio com a maior fatia da empresa, Musk tem feito enquetes na rede social e, numa delas, sugeriu que o Twitter poderá habilitar uma função de edição para os conteúdos já publicados na plataforma. Neste fim de semana, o bilionário chegou a questionar se o Twitter não estaria “morrendo”, ao avaliar muitas das contas mais seguidas na plataforma raramente postam conteúdos.

Às 8h43, no pré-mercado em Nova York, as ações do Twitter recuavam 1,45%, a US$ 45,56.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.