25 de setembro de 2022

Investindo Cosciente

Dicas, novidas e notícias do mundo do investimento!

Ibovespa fecha acima dos 115 mil pontos e dólar volta a cair, em sessão mais curta pós-carnaval

2 min read

Bolsa brasileira foi impulsionada por ações de petrolíferas e também contou com suporte dos índices no exterior

A bolsa brasileira voltou do feriado prolongado no Brasil em alta, apesar da escalada de conflitos na Ucrânia. O movimento para cima foi impulsionado pelo setor de commodities, além de acompanhar os mercados internacionais. O Ibovespa em alta 1,80%, aos 115.173 pontos, após oscilar entre 113.143 e 115.428. O volume financeiro foi de R$ 27,7 bilhões, mesmo com a sessão mais curta.

Segundo Alexandre brito, gestor e sócio da Finacap investimentos, apesar de ainda não ter sido implementada uma resposta militar para Rússia, as sanções tanto econômicas como comerciais tiveram impactos significativos na economia russa, especialmente a retirada de instituições financeiras do Swift, o sistema de pagamentos ocidental.

“Isso impacta bastante as transações da Rússia”, afirma. Ele lembra que as reservas de US$ 650 bilhões da Rússia ficam praticamente inoperantes com a restrição.

O destaque positivo ficou com as ações da 3R Petroleum (RRRP3), com alta de 12,93%, seguidas pela Petrorio (PRIO3) e CSN (CSNA3), que subiram 9,02% e 8,09%, respectivamente. Com o petróleo subindo mais de 9% e o minério de ferro subindo mais de 2%, as petroleiras e siderúrgicas figuraram entre as maiores altas do dia de hoje.

Os destaques negativos ficaram com Ambev (ABEV3) e Natura (NTCO3) que caíram, respectivamente, 4,47% e 4,02%, seguidas pela Cielo (CIEL3), em baixa de 3,89%.

Do lado da commodities, o petróleo do tipo WTI fechou em alta de 6,99%, US$ 110,64; enquanto o Brent para entrega em maio avançou 7,36%, a US$ 112,70.

O dólar iniciou a sessão após Carnaval em alta, refletindo a piora da guerra no leste europeu, mas a divisa americana perdeu força ao longo do dia e fechou em queda de quase 1% frente ao real, refletindo a forte entrada de capital estrangeiro, de olho nas ações de commodities e no “carry trade” mais favorável.

A moeda americana fechou em baixa de 0,94%, cotada a R$ 5,1073, após oscilar entre R$ 5,1033 e R$ 5,2236.

No cenário doméstico, a disparada do petróleo coloca mais pressão sobre o Copom, reforçando o cenário de Selic na ordem dos 13% ou mais.

Os juros futuros subiram: DIF23, + 0,22 pp, a 12,66%; DIF25, + 0,18 pp, a 11,60%; DIF27, + 0,14 pp, a 11,46%; DIF29, +0,14 pp, a 11,60%.

Em Wall Street, as bolsas fecharam no campo positivo, ampliando os ganhos após o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, que admitiu defender um aumento de 0,25 pp no próximo encontro de política monetária. Porém, o chairman não descarta aumentos mais agressivos, a depender do desenrolar da inflação.

A Nasdaq teve alta de 1,62%, aos 13.752 pontos. O índice Dow Jones subiu 1,79%, aos 33.889 pontos, enquanto o S&P 500 avançou 1,86%, aos 4.386 pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.