4 de outubro de 2022

Investindo Cosciente

Dicas, novidas e notícias do mundo do investimento!

Ibovespa recua pelo terceiro pregão seguido após ata do Fed; dólar retoma R$ 4,70

2 min read

A Bolsa foi pressionada por ações de consumo e tecnologia, com juros futuros em alta

A bolsa brasileira reduziu as perdas nas últimas horas do pregão, mas fechou em queda pela terceira sessão consecutiva. O Ibovespa acompanhou o mercado internacional, que recuou com temores sobre pressões inflacionárias e após a ata do Fomc confirmar a expectativa de um Federal Reserve mais agressivo ao longo do ano.

O índice fechou em queda de 0,55%, aos 118.227 pontos, após oscilar entre 116,790 e 118.885 pontos. O volume financeiro foi de R$ 32,1 bilhões.

Os destaques positivos ficaram com as ações da Eletrobras (ELET3;ELET6)), que subiram, respectivamente, 3,76% e 2,93%, seguidas pela Suzano (SUZB3), com ganho de 2,16%.

As ações da elétrica subiram nesta quarta-feira, após notícias de que a área técnica do Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que seja reajustado o preço mínimo que o governo pretende pedir por ação na privatização da companhia.

Fernando Bresciani, analista de investimentos do Andbank, destaca que além da Eletrobras, os destaques positivos foram as exportadoras (Suzano, Klabin e Minerva), que subiram refletindo a valorização do dólar perante o real.

As ações da CVC (CVCB3) e Inter (BIDI11) foram os destaques negativos da sessão, recuando, respectivamente, 8,97% e 8,70%, seguidas pela Méliuz (CASH3), que recuaram 8,33%.

Os papéis de empresas do setor de consumo, tecnologia e varejo sofreram novamente na sessão de hoje, com sinais mais agressivos do Fed e alta da curva de juros Brasil.

O dólar fechou em alta pelo segundo pregão seguido. No comercial, a moeda subiu 1,19%, a R$ 4,714, após oscilar entre R$ 4,648 e R$ 4,722.

No aftermarket, às 17h13, os juros futuros sobem em bloco: O DIF23, +0,20 pp, a 12,72%; DIF25, +1,15 pp, a 11,45%; DIF27, +1,27 pp, a 11,20%; DIF29, +1,25 pp, a 11,30%.

Em Wall Street, as bolsas recuaram novamente nesta quarta, com o Fed dando mais detalhes sobre a rapidez com que apertará a política monetária para combater a inflação, levantando preocupações de que possa desacelerar a economia. Além disso, o mercado reagiu negativamente a perspectiva de uma guerra mais longa do que se imaginava na Ucrânia.

O índice Dow Jones caiu 0,42%, aos 34.6497 pontos. O S&P 500 recuou 0,97%, aos 4.481 pontos, enquanto a Nasdaq teve queda de 2,22%, aos 13.888 pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.